Primeiros passos para ser um empreendedor de sucesso

No meu artigo anterior, Culpa Inconsciente, apresentei os problemas que a maioria dos empresários cultivam dentro de si, perdendo todo o entusiasmo de ser dono do próprio negócio.

O resultado disso?

Pressão dos clientes e colaboradores, ansiedade em gerar lucros, “caçando” resultados a qualquer custo, causando sua própria estafa mental.

Pergunto: Cadê o conforto nisso tudo?

A rotina passa a ser trabalhar sobre pressão e muitas vezes sem resultados.

É  preciso existir o equilíbrio.

Muitos entram no empreendedorismo acreditando que não haverá mais cobranças, apresentação de resultados, metas, relatórios e acabam cometendo o erro mais básico de todos:

Falta de planejamento e conhecimento. E para piorar, não procuram ajuda!

Sabe quem se torna o principal obstáculo para o crescimento da empresa?

– O próprio dono!

Para ser dono do próprio negócio, podemos pensar em duas situações:

O empresário que se faz de vítima, culpa os colaboradores, nega os fatos e dá desculpas.

E aquele que está a um passo da vitória, responsável, sabe prestar contas e é dono do próprio destino.

Em qual perfil você se encaixa?

O verdadeiro “negócio para o sucesso” está no ciclo de ações que qualquer empresa deve ter.

Vamos analisar:

Busque RESULTADOS, saiba como medir e o que está procurando. Não adianta ser igual ao cachorro que corre atrás da roda do carro, sem analisar o porquê da ação.

Há casos de empreendedores que mensuram tudo, mas pecam por não saberem utilizar as informações.

Ter uma boa SINERGIA com a equipe é fundamental. Entenda suas qualidades, potencializando ações, pesquise seus interesses e os direcione, sempre.

Depois passe para parte do processo que se chama,  ALAVANCAGEM.

Tudo que citei acima é maravilhoso, mas precisa ser colocado em prática.

Como reter pessoas de talento? Como levantar os indicadores e tomar decisões estratégicas?

A ideia é buscar a LIBERDADE do empresário em ter os procedimentos da empresa direcionados, com um planejamento estratégico focado e todos os colaboradores alinhados com o mesmo objetivo, carregando a missão no peito.  Isso seria fantástico, não é mesmo?

O empresário estando confortável com este ciclo básico, já irá sentir uma grande diferencia em sua vida.

Apostos minhas fichas nisso.  E você? 

Anúncios