Ventos da Mudança

Mudanças em Limeira São PauloPare um instante e sinta este vento… Este é o vento da mudança que sopra com vigor e constantemente.

No passado recente reconquistamos a democracia com lutas, vitórias e derrotas, ainda assim não é suficiente, não é o ideal, falta muito, porém o processo continua, o vento continua.

Mas e agora? O bastão está em nossas mãos, o que vamos passar a diante? Olhe no rosto de seus filhos, netos e sobrinhos, o que você vai deixar para eles?

O mundo lá fora está mudando, se contorcendo, convulsionando.

O Brasil é privilegiado, temos tudo, só precisamos assumir o controle de nosso destino e varrer as quadrilhas de ladrões e corruptos.

Como alguém pode pagar a quantidade de impostos que pagamos não ter serviços básicos adequados e ainda tolerar aqueles sínicos que roubam e adulteram tudo o que podem por a mão? Roubam tanto que nem conseguem carregar ou esconder.

Tirar saúde, educação e alimento de crianças merece adjetivos que me recuso a colocar em um texto de minha autoria.

Somos pacíficos, mas ninguém é bobo, temos apenas que nos levantar do berço esplêndido.

Vamos aproveitar a bola pingando na área que o Ministério Público nos deixou e marcar um golaço.

Reclamamos tanto do governo e quando ele nos dá uma oportunidade desta não podemos perder. É um privilégio e uma responsabilidade, outras cidades também têm corrupção, mas ainda não foram suficientemente investigadas, sejamos exemplo para a nação.

Vamos fazer marcação cerrada nos membros da Câmara Municipal e fazer prevalecer nossa vontade.

Não podemos deixar para nossos filhos fazerem no futuro o que podemos fazer hoje até porque nosso mau exemplo atrapalharia o desempenho deles. Deixemos que no futuro eles tenham os próprios sonhos e desafios e não herdem os frutos de nossa preguiça, mas sim as conquistas e o exemplo de nossas ações.

Permita que o vento da mudança leve os sonhos das crianças do futuro muito a diante e não prendamo-las no eterno compasso de espera.

Vamos aproveitar todos os recursos que os novos e velhos meios de comunicação nos dão e ficar alardeando nossa indignação e exigindo que os criminosos e os cúmplices, que vão se desmascarando, paguem pelo que fizeram.

Exija, exija, exija.

Se quiser se inspirar, faça como eu, escute esta música que fala exatamente sobre esses Ventos de Mudança e vamos a luta, sem parecer piegas: VAMOS A LUTA! Porque pode parecer discurso repetitivo, mas o futuro realmente depende de nossas grandes e corajosas atitudes.

 

 

Anúncios