Ajuda 2 : O Cúmplice

Muitas vezes nos convencemos que estamos buscando ajuda, mas na verdade estamos procurando um cúmplice.

Diante de desafios emocionais, profissionais, financeiros, procuramos uma pessoa que ouça o que temos a dizer “sem fazer críticas”, que nos apóie incondicionalmente e nos aceite da maneira que somos…

Cuidado com aquele “cara legal” que te ouve e tudo bem. Muitas vezes esta pessoa não está nem aí com seu objetivo, sucesso ou felicidade.

Às vezes esta pessoa é realmente seu amigo, mas tem esta atitude por te conhecer e saber que se te disser algo você não vai ouvir, sabe que em determinado assunto não há compromisso de sua parte com a mudança, pois é mais fácil se fazer de vítima.

Muitas vezes exigimos desta pessoa uma solução mágica para determinado problema, um remedinho que cure o mal que enfrentamos.

A pessoa procura um cúmplice ao desejar algo que é impossível, que é mudar o resultado sem mudar a causa e também quando quer transferir a culpa e a responsabilidade de seus resultados para outra pessoa, não tem compromisso nem responsabilidade consigo mesmo, abriu mão da condução da própria vida.

Só se pode ajudar alguém se este estiver comprometido com uma mudança.

Você quer mudar?

Anúncios