Heróis

terceiro setor práticoTenho falado conceitualmente de Terceiro Setor, hoje vou dar um exemplo prático e atual.

Temos visto uma situação caótica que é a greve e prisão de membros do corpo de bombeiros. Mesmo eu sendo médico, se me perguntarem sobre heróis eu lembro primeiro dos bombeiros.

O que está acontecendo?

Reclamam de baixo salário, mesmo em São Paulo, apenas 21% dos municípios têm corpo de bombeiros. A falta de prevenção produz calamidades em áreas de risco e reações emergenciais. Nossas matas e florestas queimam até o fim por falta de contingente e equipamentos.

Corpo de bombeiro militar é herança de ditadura e governo militar. Somos uma exceção no mundo. Temos custo alto, limitação de recursos e falta de agilidade institucional. O contingente administrativo chega a ser dois terços do total e um terço atende às ocorrências.

No mundo todo o corpo de bombeiro é civil, inclusive nossos vizinhos sul americanos.

No Brasil temos isso também, você conhece alguma região em que a comunidade é mais organizada? Pois é, nos estados do sul temos bombeiros civis. Imagine uma cidade com 20.000 habitantes (vinte, não duzentos ou dois milhões) com corpo de bombeiros com 7 bombeiros efetivos e 50 voluntários treinados que ficam de plantão ou são mobilizados de seus empregos caso necessário. O contingente administrativo é 10%. Esta mesma cidade conta com 18 viaturas (dezoito). Não é novidade, o primeiro no Brasil é do século XIX!

Tudo se mantém com verba pública e privada através de doação, prestação de serviço às empresas, e uso de renúncia fiscal para isso, por ser associação sem fim econômico.

Você sabia que uma empresa gasta mais com seguro se não houver corpo de bombeiro na cidade?

Para finalizar, existe uma “tramitação” no congresso querendo acabar com o bombeiro civil.

Adivinha se não tem burocrata militar e pessoas que odeiam sociedade organizada por traz disso.

Reflitam!

Anúncios