Coach Zen

Certa ocasião, um mestre caminhava acompanhado de seu discípulo e nesta caminhada passaram por um riacho de águas cristalinas. Admiraram sua beleza por alguns instantes e continuaram a jornada.

Após uma boa distância percorrida o mestre sentou-se à sombra de uma árvore e disse ao discípulo:

– Lembra-se daquele riacho que passamos anteriormente?

– Sim, disse o discípulo.

– Estou com sede, volte ao riacho e pegue água para mim.

O discípulo prontamente retornou ao riacho. O trajeto era longo e perecia mais longo ainda, pois ele também estava com sede.

Ao chegar notou que a água estava turva, pois alguma pessoa ou animal havia entrado na água.

Retornou, então, novamente até o mestre e explicou que não coletou a água porque estava turva.

O mestre disse então:

– Não tenho pressa, retorne até o riacho e aguarde tranquilamente a água clarear.

O rapaz voltou novamente todo o trajeto, sentou-se e aguardou a água clarear e observando o lento e contínuo movimento das águas descansou e acalmou-se.

Passado um bom tempo retornou ao mestre com água limpa e ambos beberam até saciarem-se.

O mestre então disse:

– Nossa mente é como a água. Quando ela está turva e agitada ela não nos serve, então, devemos parar e aguardar calmamente até que ela clareie.

Sua mente está límpida ou turva? Você tem um objetivo ou fica dando voltas? Você tem sede de que?

Anúncios